Objetivos

Acolher  Cuidar  Promover

Os objetivos para o fortalecimento da dimensão social da Diocese de Santos são inúmeros e fazem referência às relações com a Comunidade Eclesial e com a Sociedade.

​Em relação à Comunidade Eclesial:
a) Coordenar a Dimensão Social da Evangelização nas várias instâncias da vida e da organização da Diocese de Santos.
b) Animar, divulgar e articular as ações Sociais da Diocese.
c) Promover a formação e o acompanhamento dos agentes da Pastoral Social da Diocese de Santos.
d) Assessorar o Bispo Diocesano no que diz respeito a questões relacionadas com a Dimensão Social da Evangelização.
e) Fomentar a vivência da Dimensão Social da Evangelização na comunidade eclesial, entre as pessoas e os organismos, pastorais, movimentos, novas comunidades, e associações que atuam em nossa Diocese, levando a bom termo a execução do Plano Diocesano de Evangelização, principalmente em relação aos projetos do âmbito da ação social e política.
f) Articular os diversos setores da Dimensão Social da Evangelização na Diocese, em comunhão com o Conselho Diocesano e Pastoral.
g) Promover o relacionamento dos agentes que atuam no âmbito da Dimensão Social da Evangelização da Diocese de Santos com outras instâncias da Igreja. Para tanto, o Vicariato deverá manter-se atento para tomar conhecimento dos documentos e projetos que venham a ser apresentados por essas instâncias, tais como: Santa Sé (Pontifício Conselho para a Justiça e Paz, “Cor Unum”, Conselho Pontifício para a Pastoral dos Migrantes e Itinerantes, Conselho Pontifício para a Pastoral no campo da Saúde, Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso, Conselho Pontifício para a Cultura); CELAM (Departamento de Justiça e Solidariedade, Departamento de Cultura e Educação); CNBB (Comissão Episcopal para a Caridade, Justiça e Paz; Comissão
Episcopal para a Educação e Cultura, Centro Nacional
de Fé e Política Dom Hélder Câmara - CEFEP, Caritas Nacional).
Nas relações da Igreja com a Sociedade:

 

Nas relações da Igreja com a Sociedade:

a) Manter diálogo contínuo com a Sociedade Civil, promovendo a consciência ética e divulgando a Doutrina Social da Igreja.

b) Promover a relação da Igreja com o mundo da Política, de forma profética, coordenando e organizando atividades que favoreçam o diálogo com o Poder Público.

c) Contribuir para a formação política e social dos leigos e leigas vocacionados a participarem do mundo da Política, mantendo diálogo constante e assessorando-os nesta vocação, de acordo com os princípios e ensinamentos da Doutrina Social da Igreja.

d) Acompanhar os leigos e leigas eleitos em pleitos tanto no Legislativo como no Executivo, ajudando-os a fazer do mundo da Política uma das formas mais altas da caridade, porque procura o bem comum.

e) Organizar a assistência religiosa e pastoral nas diversas instituições que atendem a população mais pobre, indo ao encontro das periferias existências dos Lázaros(as) de hoje.

f) Assessorar e acompanhar as organizações do Terceiro Setor, cujos projetos sociais estão em Comodato com a Mitra Diocesana de Santos.